Select Page

Os segundos 9 meses

Dez 26, 2021

Já ouviu falar do termo “exterogestação“? Exterogestação, traduz-se literalmente como gestação externa, fora do útero da mãe. A espécie humana nasce entre 37 e 42 semanas, no que é considerado um nascimento a termo, no entanto, se nos compararmos com outras espécies animais, nascemos muito imaturos, tanto que não somos capazes de nos mover ou alimentar sozinhos.

O desenvolvimento intrauterino é espetacular e em 9 meses um punhado de células transformam-se num bebé bonito. Mas apesar de ser a espécie mais inteligente do planeta, o nosso cérebro nasce muito imaturo, na verdade a maior parte do seu desenvolvimento ocorre fora do útero, nos primeiros meses de vida.

Para que um bebé humano nascesse com características mais semelhantes às de outros animais, teria de atingir o desenvolvimento cerebral antes do nascimento, o que implica um aumento significativo do tamanho do crânio, incompatível com as características físicas humanas e o tamanho da pélvis. Andar na vertical torna a pélvis materna demasiado estreita para suportar o parto de um crânio maior. E como a natureza é muito sábia, considera que com 9 meses de gestação o bebé está preparado para sair, e continuar o desenvolvimento fora do útero, eliminando riscos para a mãe e para o próprio bebé.

Compreendendo esta “imaturidade” ao nascer dos nossos filhos, podemos entender a necessidade de permanecer perto dos pais, especificamente o corpo da mãe é geralmente aquele que mais confortao recém-nascido, onde mais se acalma, onde tem comida e o sente como o lugar mais seguro.

No momento do nascimento, o bebé é um ser completamente dependente que precisa de ajuda para cobrir as suas necessidades básicas. É capaz de respirar, alimentare eliminar resíduos, reconhecer a voz e o corpo da sua mãe, mas também precisa de proteção e contacto, como necessidades básicas também para um desenvolvimento correto.

Além disso, podemos ver a exterogestação como uma oportunidadepara o bebé, para continuar o seu desenvolvimento em contacto com o mundo exterior e exposto a estímulos que o ajudarão a alcançar novos marcos. Este tempo permite-lhe aprender através da imitação, tanto em movimentos como no desenvolvimento de linguagem.

Neste âmbito de novos marcos, vamos notar um, que “por coincidência” ocorre por volta de 9 meses de vida do bebé, falo sobre a capacidade de se mover de forma autónoma, gatinhando. É um momento crucial, uma vez que adquire grande independência, e embora continue a precisar que os pais cubram muitas das suas necessidades básicas, poderá agora descobrir o mundo através dos seus próprios movimentos e de acordo com os seus interesses, e não apenas através do colo que o ajudaram até agora.

Então, vamos aproveitar estes meses de crescimento cerebral, de explosão dos sentidos, vamos acompanhar os nossos pequeninos, vamos oferecer aquela volta, aqueles braços, que eles precisam de continuar a crescer em segurança, uma vez que eles nunca mais serão tão dependentes de nós como neste preciso momento.

Marta Espartosa

Enfermeira Pediátrica

Também pode ler: Nascer antes do tempo – Parto permaturo

banner nursicare

Otros blogs

28 - Fev - 2022

Fissura na base do mamilo: porque ocorre?

Uma fissura na base do mamilo é uma das razões mais comuns para que uma mãe deixe de amamentar. A dor pode ser tão intensa que algumas mulheres optam por usar medicação para acabar com a amamentação. No entanto, existem remédios para os curar rapidamente para que o seu bebé possa continuar a...

26 - Fev - 2022

Primeiros socorros, em crianças com mais de 1 ano de idade

Os primeiros socorros são um conjunto de ferramentas que nos permite agir em determinadas situações e oferecer cuidados iniciais até que, se necessário, chegue ajuda especializada ou levemos a criança a um centro médico para avaliação. Recordar-se-á que na entrada sobre "primeiros socorros para...

19 - Fev - 2022

Alergias na idade pediátrica

O que é uma alergia? A alergia é um mecanismo de defesa do organismo contra uma substância que o nosso sistema imunitário reconhece como estranha. Estas substâncias podem ser alimentos, medicamentos, inaladores, substâncias de contacto. Um alergénio é qualquer substância capaz de desencadear...

12 - Fev - 2022

Baby- Led- Weaning, e você, está disposta a isso?

A prática do Baby-Led-Weaning (BLW), ou alimentação regulada pelo bebé, tornou-se generalizada nos últimos anos e, longe de ser uma moda, oferece muitos benefícios tanto para o bebé como para a família. BLW é um método de introdução de alimentação complementar, no qual o bebé pode levar a...

5 - Fev - 2022

Sintomas de COVID em crianças, o que precisamos saber?

Depois de quase dois anos de pandemia, a sexta onda e a nova variante Ómicron, deixam-nos novamente muitas dúvidas, e nestes últimos dias, não paro de receber perguntas sobre os sintomas que o vírus produz nas crianças e que temos de ter em conta, por isso vamos diretos ao problema. O que...

25 - Jan - 2022

O início da alimentação complementar… tire as suas dúvidas!

O momento para começar a introduzir alimentos, em geral, deixa os pais muito entusiasmados, é um dos momentos especiais em que vemos como os nossos bebés evoluem, mas também pode gerar um mar de dúvidas... vamos ao que importa! Quando posso começar a oferecer-lhe comida? O ideal é começar por...

22 - Jan - 2022

Primeros socorros, em menores de um ano.

Os primeiros socorros são um conjunto de ferramentas que nos permitem atuar em determinadas situações e oferecer os primeiros socorros, até que, em caso de necessidade, chegue ajuda especializada ou mesmo que levemos a criança a um centro clínico para que a avaliem. Nos últimos anos,...

8 - Jan - 2022

Dermatite atópica. Mantemo-la afastada?

A dermatite atópica é uma doença inflamatória da pele, que afeta cerca de 15 a 20% da população infantil em Espanha. Metade dos casos são diagnosticados no primeiro ano de vida. Dados que não passam despercebidos, não é? Trata-se de uma doença crónica da pele, cujo principal sintoma é a...

1 - Jan - 2022

Vacinação do COVID e crianças, ainda tem dúvidas?

Trago-vos uma conversa que pode acontecer em qualquer encontro de pais: – Vais vacinar o teu filho/a? - Eu não tive dúvidas em vacinar-me, mas a verdade é que não estou nada decidida a vacinar o meu filho… Esta conversa não vos é estranha? Neste momento é muito comum ouvi-la em parques, à saída...

29 - Dez - 2021

A importância de comunicar através da pele

Sabias que o toque é o primeiro sentido a desenvolver-se dentro do útero, e o últimoa desaparecer antes de morrer? E que a pele é o maior órgão do nosso corpo? Tendo em conta ambas as coisas, já podemos ter a ideia da importância da comunicação através da pele e do toque. A nossa pele é a...

Abrir chat
👩 ¿Necesitas ayuda?
Nursicare responde
¡Hola! 👋
Déjanos tu mensaje y una experta en lactancia te responderá lo antes posible.
0
CARRITO
  • No products in the cart.