Select Page

Prepare-se para desfrutar da amamentação logo desde o início.

Out 31, 2016

Quando estamos grávidas, preparamos muitas coisas para os nossos bebés, preparamos o seu quarto, preparamos o seu carro, preparamos o seu berço, preparamos a sua roupa, mas e que tal algo tão importante como amamentar? Geralmente deixamos ao acaso, é típico ouvir mulheres grávidas dizerem que, se tiverem sorte, poderão amamentar, que amamentarão se tiverem leite….

Será realmente uma questão de sorte?

dor no mamilo

Embora haja uma pequena percentagem de mulheres que, sem saber nada sobre amamentação, conseguem amamentar com sucesso, sem quaisquer problemas ou dificuldades, a maioria das mulheres a quem se pergunta fala de dor, falta de leite, fissuras… e embora as dificuldades na amamentação não sejam a forma normal de começar, infelizmente é muito comum que os nossos começos sejam assim.

 

 

Podemos evitá-lo?

Claro que podemos, mas isso não significa que não tropeçamos. Estar informada, e preparar-se bem para amamentar é a chave para poder desfrutar da nossa amamentação e superar as nossas dificuldades com facilidades. Ou seja, saber o que pode acontecer, quais são as causas e ter os instrumentos para o resolver.

Procure informações fiáveis, livros sobre amamentação, profissionais de amamentação de confiança no caso de precisar deles, antes de ter o seu bebé, faça cursos e workshops de amamentação, o conhecimento é a base para o sucesso.

Cuidar de um bebé

Não duvide de si

O seu corpo foi capaz de criar um serzinho maravilhoso, porque não deveria ser capaz de o alimentar? Não duvida do seu coração, dos seus pulmões ou dos seus rins, porquê duvidar dos seus seios?

Tal como o resto do nosso corpo, à primeira vista e sem qualquer patologia, os seus peitos FUNCIONAM, e a sua principal função é produzir leite e amamentação. Portanto, se quiser, não hesite, pode amamentar o seu bebé.

O que preciso de saber para estar preparada?

  1. O modo como decorre o parto pode afectar a amamentação, não é o mesmo tanto para a mãe como para o bebé começar a amamentar após um parto natural respeitado, do que após uma intervenção cheia de manipulações, ou após uma cesariana, ainda mais se possível, se separarem o nosso bebé de nós, por isso este é o primeiro passo, lutar para que o seu bebé tenha um nascimento respeitado, que não os separem, que não interferam.evitar fissuras
  2. Se a mãe e o bebé são saudáveis, não importa como foi o nascimento, é importante manter o bebé no peito da mãe, em contacto com a mãe. Pele com pele. Não é o mesmo que uma camisa de dormir. Estamos a falar de dois corpos nus, sentindo um ao outro, conhecendo-se, aprendendo, dando tempo para o primeiro aleitamento materno do bebé. Só ele conhece e tem capacidades inatas que lhe permitem chegar ao peito da sua mãe e agarrar-se espontaneamente.
  3. O teu peito é sempre suficiente, SEMPRE, mesmo que ainda não tenhas leite, tens colostro, OURO PURO! É uma substância rica em proteínas e anticorpos, de cor amarela e espessa. É como um leite concentrado e é por isso que só sai uma pequena quantidade. É tão importante que o bebé receba todo o que necessite. Geralmente, o bebé alimenta-se de colostro até 48/72 horas pós-parto, que é aproximadamente quando o leite chega.
  4. É muito importante que o seu bebé mame com muita frequência, pelo menos 8-12 vezes por dia. Nos primeiros dias, muitos bebés amamentam por vezes a cada 45 minutos, 1 hora, dia e noite. Isto é normal e nada com que se deva preocupar. Não esteja confiante se pensa que tem um bebé sonolento, é muito importante que ele mame dia e noite. Deve ser despertado se não acordar por si mesmo. No caso extremo de o acordar não o levar a mamar, devemos retirar gotas de colostro à mão e dar-lho com uma colher.
  5. A dordiz-nos que algo está errado, por isso ouçam o vosso corpo. Não deixe que ninguém lhe diga que a dor é normal, não é. No máximo, desconforto ou irritação menores. As dores severas não são normais e as fissurastambém não. Ambos são sintomas de que algo não está bem: pode ser simplesmente posicional, ou pode ser que o seu bebé esteja a ter um pouco de dificuldade. Tente mudar de posição. Lembre-se de trazer sempre o bebé para o peito, nunca o contrário. Se as fissuras aparecerem, é urgente procurar um profissional de amamentação para o ajudar a resolver o problema que as está a causar.

Lembre-se, a vontade é poder, por isso não duvide, irá desfrutar da amamentação.

Patricia Blázquez Sánchez (Consultora de Amamentação)

Nursicare

Otros blogs

28 - Fev - 2022

Fissura na base do mamilo: porque ocorre?

Uma fissura na base do mamilo é uma das razões mais comuns para que uma mãe deixe de amamentar. A dor pode ser tão intensa que algumas mulheres optam por usar medicação para acabar com a amamentação. No entanto, existem remédios para os curar rapidamente para que o seu bebé possa continuar a...

26 - Fev - 2022

Primeiros socorros, em crianças com mais de 1 ano de idade

Os primeiros socorros são um conjunto de ferramentas que nos permite agir em determinadas situações e oferecer cuidados iniciais até que, se necessário, chegue ajuda especializada ou levemos a criança a um centro médico para avaliação. Recordar-se-á que na entrada sobre "primeiros socorros para...

19 - Fev - 2022

Alergias na idade pediátrica

O que é uma alergia? A alergia é um mecanismo de defesa do organismo contra uma substância que o nosso sistema imunitário reconhece como estranha. Estas substâncias podem ser alimentos, medicamentos, inaladores, substâncias de contacto. Um alergénio é qualquer substância capaz de desencadear...

12 - Fev - 2022

Baby- Led- Weaning, e você, está disposta a isso?

A prática do Baby-Led-Weaning (BLW), ou alimentação regulada pelo bebé, tornou-se generalizada nos últimos anos e, longe de ser uma moda, oferece muitos benefícios tanto para o bebé como para a família. BLW é um método de introdução de alimentação complementar, no qual o bebé pode levar a...

5 - Fev - 2022

Sintomas de COVID em crianças, o que precisamos saber?

Depois de quase dois anos de pandemia, a sexta onda e a nova variante Ómicron, deixam-nos novamente muitas dúvidas, e nestes últimos dias, não paro de receber perguntas sobre os sintomas que o vírus produz nas crianças e que temos de ter em conta, por isso vamos diretos ao problema. O que...

25 - Jan - 2022

O início da alimentação complementar… tire as suas dúvidas!

O momento para começar a introduzir alimentos, em geral, deixa os pais muito entusiasmados, é um dos momentos especiais em que vemos como os nossos bebés evoluem, mas também pode gerar um mar de dúvidas... vamos ao que importa! Quando posso começar a oferecer-lhe comida? O ideal é começar por...

22 - Jan - 2022

Primeros socorros, em menores de um ano.

Os primeiros socorros são um conjunto de ferramentas que nos permitem atuar em determinadas situações e oferecer os primeiros socorros, até que, em caso de necessidade, chegue ajuda especializada ou mesmo que levemos a criança a um centro clínico para que a avaliem. Nos últimos anos,...

8 - Jan - 2022

Dermatite atópica. Mantemo-la afastada?

A dermatite atópica é uma doença inflamatória da pele, que afeta cerca de 15 a 20% da população infantil em Espanha. Metade dos casos são diagnosticados no primeiro ano de vida. Dados que não passam despercebidos, não é? Trata-se de uma doença crónica da pele, cujo principal sintoma é a...

1 - Jan - 2022

Vacinação do COVID e crianças, ainda tem dúvidas?

Trago-vos uma conversa que pode acontecer em qualquer encontro de pais: – Vais vacinar o teu filho/a? - Eu não tive dúvidas em vacinar-me, mas a verdade é que não estou nada decidida a vacinar o meu filho… Esta conversa não vos é estranha? Neste momento é muito comum ouvi-la em parques, à saída...

29 - Dez - 2021

A importância de comunicar através da pele

Sabias que o toque é o primeiro sentido a desenvolver-se dentro do útero, e o últimoa desaparecer antes de morrer? E que a pele é o maior órgão do nosso corpo? Tendo em conta ambas as coisas, já podemos ter a ideia da importância da comunicação através da pele e do toque. A nossa pele é a...

Abrir chat
👩 ¿Necesitas ayuda?
Nursicare responde
¡Hola! 👋
Déjanos tu mensaje y una experta en lactancia te responderá lo antes posible.
0
CARRITO
  • No products in the cart.