Select Page

O meu bebé tem cólicas?

Dez 14, 2021

Quantas vezes no consultório, na rua ou no parque ouvi pais desesperados porque é tarde da noite (o que eles também chamam a hora das bruxas) e os seus recém-nascidos ou bebés de apenas alguns meses choram, choram, choram e choram e não há maneira de os acalmar. Esta pode ser uma situação desesperada para os pais, o que os torna ansiosos e desesperados para encontrar uma solução onde quer que possam.

As cólicas infantis são definidas como episódios de choro inconsolável, em que o bebé se torna rígido, e que ocorrem à noite. Estes episódios duram aproximadamente 3 horas e ocorrem pelo menos 3 dias por semana durante pelo menos 3 semanas. Normalmente começam por volta dos 15 dias de idade e podem durar até 4 meses. Os pais relatam geralmente um grito vigoroso e alto, diferente dos habituais gritos de fome ou sono. Podemos falar de cólicas quando o bebé está a crescer e a ganhar peso de acordo com a sua idade, de modo a que certos problemas sejam descartados.

Não conseguir acalmar o bebé é um fardo emocional e stressante para os pais, que procuram respostas sobre a razão pela qual isto está a acontecer ao seu filho e por soluções para esta situação. A resposta mais frequentemente ouvida pelos pais será que o bebé está com gases ou com fome, mas… será este realmente o caso? Vamos ver o que as provas nos dizem sobre esta questão.

Os fatores associados às cólicas são de causas muito diversas e não há certamente provas científicas que permitam identificar qualquer causa em particular. Pensa-se que seja possivelmente a soma de vários fatores, por exemplo:

  • Causas gastrointestinais: devido à imaturidade intestinal do bebé, alimentação muito ansiosa, uso de tetas (absorvem mais ar do que quando se agarram ao peito), alterações na flora intestinal. Também intolerância às proteínas do leite de vaca ou à lactose.

 

  • Causas psicossociais: o temperamento da criança, hiperestimulação ao longo do dia, hipersensibilidade ao ambiente, stress familiar, etc., são considerados como estando envolvidos.

 

A minha recomendação para remediar e tentar melhorar a situação é obter uma avaliação do pediatra e da enfermeira pediátrica, para descartar outras causas, tranquilizar-vos que o vosso bebé é saudável e confirmar que se trata de episódios de cólicas (não há outra forma de “diagnosticar” as mesmas). Quando se sabe que é este o caso, há várias opções, embora não exista uma fórmula mágica.

  • O uso de probióticos, como o Lactobacillus reuteri, não fará desaparecer completamente as cólicas, mas está demonstrado que reduz o tempo de choro de um bebé. São ainda necessários mais estudos para os recomendar com um elevado grau de evidência, mas são atualmente utilizados porque se sabe que não têm efeitos secundários.

 

  • Tente manter a calma, sei que isso é fácil de dizer e difícil de fazer. Mas a tranquilidade dos pais e dos cuidadores ajudará a criança a relaxar mais facilmente. Tente “tentativa e erro”, verifique se a sua fralda está suja, se tem fome… tente pô-lo a dormir… se nada disto funcionar e ele continuar a chorar, pense que as suas necessidades básicas estão cobertas e que precisa que o acompanhemos quando chorar.

 

  • Pegar ao colo durante o dia, e durante as horas de choro se o bebé o permitir (por vezes são tão duros e agitados que não é possível). Mas andar com ele ao colo ao longo do dia pode ajudar, uma vez que lhe oferece segurança, devido à sua proximidade, e a posição ergonómica do porta-bebés ajuda a eliminar os gases.

 

  • A massagem infantil, com uma sequência específica para as cólicas, pode ajudar. São ainda necessários mais estudos para provar a sua eficácia, mas como acontece com outros remédios, não tem efeitos secundários. A massagem não deve ser feita na altura do choro, mas em períodos de silêncio ao longo do dia.

 

Acima de tudo, tente manter-se calmo, tente ajudar-se com algumas destas dicas se sofrer destes episódios de cólicas em casa, e pense que tudo passa, e que um dia estes maus momentos serão deixados para trás.

 

Marta Espartosa

Enfermeira Pediátrica

Também pode ler: Qual é a importância do aleitamento noturno?

 

banner nursicare

Otros blogs

Juguetes y niños en una clase

25 - Ago - 2022

Em Setembro para a creche

Em Setembro... Para a creche! Este Setembro, para muitas crianças, será o seu primeiro contacto com a creche ou a escola. Esta nova etapa significa mudanças, desafios e uma multidão de emoções tanto para crianças como para adultos, o famoso regresso à escola está aqui! Para os pais, é o momento...

Bebe dentro de un flotador redondo en una piscina

18 - Ago - 2022

Segurança na água

Segurança da água. O que precisa de saber? Nos últimos anos, o número de casos de morte por afogamento em crianças aumentou consideravelmente, e agora excede o número de mortes devidas a acidentes de trânsito. Portanto, como pode imaginar, estes não são números insignificantes. E aqui está um...

Carro tapado con una muselina, tachado para indicar que no debe hacerse

7 - Ago - 2022

Não tape o carro

Não o faça... Não cubra o carrinho! Com a chegada do calor, é claro para todos nós que devemos proteger a pele dos membros mais jovens da família, uma vez que é mais vulnerável à radiação solar, e é óptimo que estejamos cientes disso. Desde há alguns anos, tornou-se moda usar "mosquiteiros",...

Bebe dormido sobre el pecho de su madre

5 - Ago - 2022

Vínculo parental

O que é o vínculo parental, o que dizem as evidências? Nas últimas décadas, tem havido cada vez mais informação e referências ao vínculo parental, para assegurar o vínculo, mas o que significa isto? Na sociedade, este é um tema de debate e confusão, uma vez que algumas pessoas associam estes...

24 - Jul - 2022

Hepatite aguda

Hepatite infantil aguda, de causa desconhecida, o que precisa de saber? Nos últimos meses, os meios de comunicação social fizeram eco do alarme sanitário que foi suscitado após o diagnóstico de um elevado número de casos de hepatite aguda de causa desconhecida em vários países de todo o mundo....

21 - Jul - 2022

Desfraldar

Desfraldar! Se o seu filho tem dois anos ou um pouco mais, com a chegada do bom tempo, terá começado a receber alguns comentários, como.... Agora, no verão, vai tirar a fralda, certo? Bem, é um processo muito mais complexo do que apenas focar na idade e em que faça bom tempo.. E lamento dizer...

16 - Jul - 2022

Febre e dentes?

Dentes, tantos mitos! Se tiver um pequeno, entre 4 meses e um ano de idade, ou mesmo um pouco mais velho, certamente alguém já lhe disse, oops... isso são os dentes, se o pequeno teve febre, meteu as mãos na boca, mordeu tudo o que apanhou ou se teve diarreia ou um rabinho vermelho. Mas serão...

6 - Jul - 2022

Lipase, como é que afeta o aleitamento materno?

Não quer o meu leite descongelado, é culpa da lipase? Se estiver a amamentar, poderá, a dada altura, ter recorrido a extrair e/ou congelar o seu leite, ou poderá mesmo estar a fazer ou já ter feito um banco de leite materno. Muitas mães ficam surpreendidas quando o leite tem um cheiro...

El botiquín de verano

24 - Jun - 2022

O kit de primeiros socorros de Verão

O kit de primeiros socorros de Verão Com a chegada do bom tempo, as excursões, as escapadinhas e as férias há muito esperadas começam a fazer-se sentir no ar. Todos queremos divertir-nos e desfrutar com a família, mas vou dar-lhe algumas dicas para que possa desfrutar, tendo tudo sob controlo....

Alimentación complementaria

17 - Jun - 2022

Alimentação complementar – o ovo!

Alimentação complementar, o ovo! Quando se aproxima o momento de iniciar a alimentação complementar (FC), os pais lêem, procuram e recebem muita informação de profissionais de saúde e "líderes de opinião". Este momento traz consigo de uma mistura de sentimentos, de querer oferecer algo...

Abrir chat
👩 ¿Necesitas ayuda?
Nursicare responde
¡Hola! 👋
Déjanos tu mensaje y una experta en lactancia te responderá lo antes posible.
0
CARRITO
  • No products in the cart.